Av. João Gomes Cardoso, 232 - Contagem-MG 31 98468-9915 31 3369-6400

FAQ

Dúvidas frequentes

1. Qual a diferença entre calibração e manutenção?

A manutenção é formada por um conjunto de operações que visa o perfeito funcionamento de um equipamento. O termo também pode estar relacionado com a conservação periódica, ou seja, com as medidas adotadas ao longo do tempo para preservação e extensão da vida útil do equipamento. Usualmente, quando falamos da manutenção de equipamentos, nos referimos ao reparo ou reposição de componentes danificados ou que fora do perfeito estado de funcionamento. Após a manutenção, garante-se que o erro apresentado esteja próximo a zero e que o equipamento volte a funcionar de maneira adequada.

Já a calibração, de acordo com o VIM, Vocabulário Internacional de Metrologia, é “Operação que estabelece, sob condições especificadas, numa primeira etapa, uma relação entre os valores e as incertezas de medição fornecidos por padrões e as indicações correspondentes com as incertezas associadas; numa segunda etapa, utiliza esta informação para estabelecer uma relação visando a obtenção dum resultado de medição a partir duma indicação". O resultado de uma calibração fornece informações que permitem ao seu usuário fazer um diagnóstico sobre o instrumento calibrado e analisar, através dos erros identificados e das incertezas declaradas, se o instrumento continua apto para uso. Esta decisão é tomada pelo detentor do instrumento, normalmente com base nas tolerâncias estabelecidas para o processo em que o referido instrumento é utilizado.

2. Qual a importância da calibração?

A forma mais usual de caracterizar e avaliar o desempenho de um equipamento de medição é a calibração.

A calibração deve ser realizada periodicamente e é a condição necessária para que os resultados de medição sejam considerados confiáveis. Essa é indispensável quando existe alguma dúvida sobre o funcionamento do equipamento ou este sofre um processo de manutenção. Devendo ser realizada mesmo no momento da aquisição do equipamento.

O resultado de uma calibração deve ser apresentado em um documento técnico, chamado de certificado de calibração. Um certificado deve apresentar diversas informações sobre o procedimento e as condições de calibração. Com estas informações é possível avaliar o desempenho do equipamento, comparando-o com especificações de uma determinada norma, do fabricante, ou de acordo com a tolerância do processo.

3. Por que é importante realizar manutenções preventivas?

Este tipo de manutenção serve como precaução, para que surpresas desagradáveis não ocorram, podendo ocasionar a parada da produção.

A manutenção preventiva é realizada através de métodos específicos, para prevenir o surgimento de falhas, como a falta de lubrificação ou degaste de componentes e pode ser realizada com equipamento em pleno funcionamento.

4. Quais são os ganhos com sistemas de pesagem em perfeitas condições?

Manter um sistema de pesagem eficiente e dentro das tolerâncias especificadas pode aparentar ser algo oneroso e que deve realizado apenas quando solicitado por órgãos metrológicos. Contudo, quando em perfeitas condições de funcionamento, o sistema de pesagem pode trazer ganhos anuais de até 30%, prevenindo a pesagem incorreta de materiais, por exemplo.

Além dos ganhos financeiros, é possível apontar também a diminuição de riscos à saúde e segurança de clientes e funcionários .Tratando-se da pesagem nas áreas da saúde, a dosagem de compostos deve ser o mais exato possível, já que a frações de gramas fazem a diferença. Tranando-se de balanças rodoviárias, quando sua estrutura não é bem-feita, riscos de desmoronamento são constantes.

O controle e acompanhamento dos equipamentos de pesagem, através das manutenções corretivas e preventivas, garante o perfeito estado de funcionamento do sistema, trazendo economia, segurança e tranquilidade.